Projeto

Este projecto tem como objectivo criar uma colecção digital de fontes históricas em open-access que permitirá analisar, comparativamente, o papel dos rituais públicos na construção do império português da época moderna. Desde entradas solenes até nascimentos reais, casamentos e funerais, ou festas religiosas, os rituais públicos serviam para comemorar uma grande variedade de ocasiões. Que funções desempenharam no império português? De que forma é que contribuíram para construir e fortalecer o poder político e as identidades sociais? A sua linguagem visual facilitou a comunicação política? Legitimaram, simultaneamente, divisões territoriais e sociais? E em que medida foram, também, lugares de discórdia, expressando as tensões e contradições da situação imperial? Por fim, como é que estas práticas rituais podem ser comparadas com as de outras experiências imperiais?

 

Para explorar estas questões, RITUALS privilegia relatos impressos e imagens de rituais festivos da época moderna que ocorreram nos territórios atlânticos, africanos e asiáticos portugueses, bem como no espaço metropolitano. Estes relatos e imagens fornecem descrições sintéticas ou detalhadas dos eventos, dos seus participantes e públicos (europeus e não-europeus), dos objectos utilizados, dos itinerários locais, etc. Eles constituem, por conseguinte, uma lente privilegiada para explorar dimensões do império português que são frequentemente excluídas do conhecimento histórico, em particular a história das sociedades não-europeias.

 

O projeto privilegia quatro eixos de análise: 

A produção material e a circulação dos relatos e imagens

Os espaços urbanos onde os eventos tiveram lugar

A imaginação política e a cultura visual envoldidas e construídas

As complexas paisagens sociais e políticas que revelam

Com a colaboração de reconhecidos investigadores sobre esta temática, bem como da Biblioteca Nacional de Portugal e da Biblioteca do Palácio da Ajuda, o projecto irá digitalizar cerca de 750 relatos e imagens que complementarão os items existentes nestas bibliotecas que já estão digitalizados.